Alguns destinos são especiais quando o assunto é vinho, como Mendoza, na Argentina ou o Vale do Vinhedo, no Rio Grande do Sul. E que tal chegar em São Roque, no interior paulista, para desfrutar de mais lugar assim?

A cidade de São Roque, muito abençoada pela natureza, recebeu a qualificação de estância turística em 1990, o que fez com que iniciativas tanto públicas, quanto privadas investissem na cidade!

Veja nesse artigo sobre essa linda cidade e o que ver e fazer além de degustar vinhos, além de dicas de como chegar em São Roque!

O que ver em São Roque

  • Rota do Vinho
  • Museu do Vinho
  • Ski Mountain Park
  • Teleférico
  • Tobogã
  • Igrejas

São Roque é conhecida pela produção de vinho e grande parte do turismo local está voltado para isso, como o passeio Rota do Vinho, quando se visita 13 bodegas com degustação e o Museu do Vinho.

Outra opção para o visitante que quer chegar em São Roque é o Ski Mountain Park, o maior parque de montanhas do Brasil! Nele é possível esquiar, andar de teleférico e curtir um tobogã.

E como se não bastasse há o Sítio Santo Antônio, tombado como Patrimônio Histórico Nacional há mais de 60 anos! Não deixe de visitar a Igreja da Matriz e a Igreja de São Benedito, de 1855, além da Brasital – centro cultural e museu.

Como chegar em São Roque

Como chegar em São Roque, São Paulo
Fabricio macedo via Wikimedia Commons

São Roque fica entre 63 e 80 km de São Paulo, é que depende do caminho que você escolherá para chegar lá.

O aeroporto mais próximo são os de São Paulo, onde você poderá alugar seu carro para seguir viagem.

A partir da capital, você poderá chegar em São Roque por três caminhos: acesso pela Rodovia Raposo Tavares (SP-270), pela Rodovia Castelo Branco (SP-280) e Rodovia Lívio Tagliassachi (BR-374).

A melhor maneira de chegar em São Roque é pela Raposo Tavares – cerca de 60 km de distância, em uma viagem de menos de 1h30!

Apesar de maior, com 71 km de distância, o caminho pela BR-374 é mais rápido, levando cerca de uma horinha de viagem!

Dá até pra um bate e volta, né?

Pronto para curtir a natureza e os vinhos ao chegar em São Roque?


Curtiu? Acho que vai gostar também: